São Mateus, evangelista (מתי "Dom de Javé", Hebraico padrão e Vocalização de Tibérias Mattay; Grego da Septuaginta Ματθαιος, Matthaios) é considerado, pela tradição, o autor do Evangelho de Mateus. Era o filho de Alfeu e era publicano (ou cobrador de impostos) em Cafarnaum. Segundo o relato do evangelho, Jesus, depois de atravessar o lago, ao passar por ele, que estava a trabalhar na recolha dos impostos, disse-lhe: "Segue-me". Mateus levantou-se e seguiu-o, tornando-se num dos seus doze discípulos (Mateus 9:9). Acompanhou de perto a vida pública de Cristo e se notam traços de sua antiga profissão de cobrador de impostos em determinadas passagens de seu Evangelho, que foi evidentemente escrito para a comunidade cristã recém-saída do judaísmo.

Esteve presente na Última Ceia, em diversas aparições de Jesus ressuscitado, na Ascenção e no dia de Pentecostes. O verdadeiro nome de Mateus era Levi. Um antiga tradição o tornou evangelizador de regiões da Palestina e da Etiópia, onde teria encontrado o martírio.

Apóstolos de Jesus Cristo
Simão Pedro | André | Tiago Maior | João | Filipe | Bartolomeu | Mateus | Tomé | Tiago Menor
Simão Cananeu | Judas Tadeu | Judas Iscariotes | Matias | Paulo | Barnabé
45px-Smallwikipedialogo.png Este artigo utiliza material oriundo da Wikipédia. O artigo original está em Mateus (evangelista). A relação dos autores originais pode ser vista no histórico do artigo. Assim como acontece com a Cristianismo Wiki, o texto da Wikipédia encontra-se debaixo da Licença de Documentação Livre GNU.


O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.