Leão II, Papa de Agosto de 682 a Julho de 683, era siciliano de nascimento.

O seu antecessor Agatão fora representado no sexto concílio ecuménico (de Costantinopla em 680), onde fora anatematizado o papa Honório I pela sua posição na controvérsia Monotelita, como favorável da heresia; e o único facto de interesse histórico do pontificado de Leão II foi a aprovação da decisão do concílio de condenar Honório, a quem considerava como "profana proditione immaculatem fidem subvertare conatus est". Para a ponderação sobre a questão da infalibilidade papal, estas palavras provocaram considerável atenção e debate, dando-se importância ao facto de que no texto, em grego, da carta ao imperador, da qual cosnta a frase acima transcrita, se usa a expressão "subverti permisit" mais leve do que "subvertare conatus est".

Foi durante o pontificado de Leão II que a dependência da sé de Ravenna da de Roma foi estabelecida definitivamente por um édito imperial.

Nuvola apps ksig.png Este artigo é somente um esboço. Você pode ajudar ao Cristianismo Wiki expandindo-o.



Precedido por
Agatão
Znak vatikan.png
Papa

80.º
Sucedido por
Bento II
45px-Smallwikipedialogo.png Este artigo utiliza material oriundo da Wikipédia. O artigo original está em Papa Leão II. A relação dos autores originais pode ser vista no histórico do artigo. Assim como acontece com a Cristianismo Wiki, o texto da Wikipédia encontra-se debaixo da Licença de Documentação Livre GNU.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.