Cristianismo Wiki
Advertisement

Papa Leão V, foi consagrado em agosto de 903, sucessor de Bento IV. Era da "campanha romana", isto é das planícies adjacentes a Roma. Julga-se, que tenha nascido em Priapo, perto de Àrdea. Filho de um humilde pastor. Alguns cronistas de documentos mais antigos alegam entre outras considerações, que teve esmerada educação devido à intervenção materna e de sua família. Segundo um catálogo antigo era ele "padre forasteiro": não pertencia, pois, a nenhuma das igrejas cardialícias da cidade eterna. Não há informações em documentos da Igreja Católica que dêem informações mais precisas sobre a que ordem pertencia ou que nos forneçam dados mais seguros sobre a sua origem concreta. O fato, todavia de não pertencer a nenhuma das principais igrejas de Roma, prova que era homem de extraordinário valor, elevado no conceito moral, e que foi escolhido para conciliar divergências. Realmente as facções em Roma estavam em ebulição. Leão V governou a Igreja menos de dois meses. Um dos partidos, não satisfeito com a escolha de Leão, insurgiu-se, tumultuou pelas ruas da cidade, e, nessa desordem, o pontífice foi preso, arrastado a uma prisão e morto místeriosamente. Estas são notícias dadas por alguns contemporâneos e repetidas, dois séculos mais tarde, por Sigberto de Gembloux. O cronista Flodoardo, grande biógrafo europeu, costuma atribuir, junto de outros cronistas e historiadores ingleses e franceses de seu tempo, que certos eventos de insurreição popular e insatisfação política com Leão V foram fruto das tensões promovidas pelo capelão de nome Cristóvão. Curiosamente este mesmo capelão sucederia ao papa Leão, e, que desde longa data Cristóvão ambicionava o trono pontifício. Esse homem, movido por grande ambição, alimentou o interesse dos insurretos em depor a este pontífice com promessas difíceis de cumprir, e que macularam a sua reputação por toda a posteridade. Os tempos eram particularmente difíceis, tão bárbaros que subsiste como provável o fim trágico deste papa, terminando seus dias como o de muitos príncipes: assassinados! Em seu breve e agitado pontificado não foi , pois, anotado qualquer fato de relevo ou importância em Roma. No resto da Europa, entrementes, fervilhava a luta incansável e heróica: Armas , Ciências, e Virtudes do Cristianismo vencendo o Barbarismo e estabelecendo as bases da brilhante civilização cristã.

Morte[]

A causa da morte de Leão V permanece absolutamente obscura. Aliás, muitíssimo pouco se sabe da sua vida, da sua eleição, de seu pontificado e das causas da sua morte.É certo que ele foi preso (por motivos desconhecidos) e que há uma lenda atribuindo a sua morte a Sérgio III, mas, conforme nos assevera a Enciclopédia Católica (tradução minha com grifos acrescentados): "é mais provável que Leão tenha morrido de causas naturais na prisão ou em um monastério".

De Leão V foi escrito: "ele foi um homem de Deus e de uma digna de louvores e de santidade."

Nuvola apps ksig.png Este artigo é somente um esboço. Você pode ajudar ao Cristianismo Wiki expandindo-o.



Precedido por
Bento IV
Znak vatikan.png
Papa

119.º
Sucedido por
Sérgio III
45px-Smallwikipedialogo.png Este artigo utiliza material oriundo da Wikipédia. O artigo original está em Papa Leão V. A relação dos autores originais pode ser vista no histórico do artigo. Assim como acontece com a Cristianismo Wiki, o texto da Wikipédia encontra-se debaixo da Licença de Documentação Livre GNU.
Advertisement