Parábolas eram as histórias geralmente extraídas da vida cotidiana utilizadas por Jesus Cristo para ensinar aos seus discípulos. Eram contadas de forma simples para que pudessem atingir o nível cultural do povo a que se destinavam e era através delas que Cristo fazia analogias e passava suas mensagens. Este genêro já era utilizado por muitos dos antigos profetas.

Definição do termo[editar | editar código-fonte]

Parábola, originária do grego parabole, significa narrativa curta ou apólogo, muitas vezes erroneamente definida também como fábula. Sua característica é ser protagonizada por seres humanos e possuir sempre uma razão moral que pode ser tanto implicita como explícita. Ao longo dos tempos vem sendo utilizada para ilustrar lições de ética por vias simbólicas ou indiretas.

Sinteticamente: narração figurativa na qual, por meio de comparação, o conjunto dos elementos evoca outras realidades, tanto fantásticas, quando reais.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

45px-Smallwikipedialogo.png Este artigo utiliza material oriundo da Wikipédia. O artigo original está em Parábolas. A relação dos autores originais pode ser vista no histórico do artigo. Assim como acontece com a Cristianismo Wiki, o texto da Wikipédia encontra-se debaixo da Licença de Documentação Livre GNU.


O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.